Miojo… Sabe do que se trata???

Miojo e o seu criador

 

Miojo é um prato típico da cozinha japonesa constituído por macarrão pré-cozido.

Acredita-se que o primeiro macarrão instantâneo foi no século XVI. Entretanto, o inventor do macarrão instantâneo de nossos dias foi Momofuku Ando, nascido em Taiwan em 1910 durante a ocupação japonesa.
Apelidado de o “Rei dos Macarrões” tinha uma frase sua “A paz está garantida quando não se está com fome”. Momofuku criou o famoso macarrão em 1958.
Momofuku dizia que sua necessidade de fabricar alimentos de baixo custo e de preparo fácil se deu início após ter presenciado, depois da guerra, uma enorme fila de pessoas famintas diante de uma vitrine clandestina de sopas de fios de massa.

 

 

Um dos exemplos do uso de macarrão instantâneo são os de copos. A versão em copo foi pensada para oferecer o máximo de praticidade – o bloco de lámen suspenso no copo tem uma menor densidade na parte de cima do ninho, para que a água quente despejada faça com que o lámen se soltem e hidratem rapidamente. Como esse bloco é empurrado contra a superfície interna do copo, isso impede a ruptura do bloco e aumenta a força do copo, consequentemente minimizando os danos do copo durante o transporte. E como o lámen é preparado em seu próprio pacote, não é preciso nenhum utensílio de cozinha. Tudo que é necessário é água quente e garfo.

Seu baixo custo e sua facilidade na preparação tornam o macarrão instantâneo um alimento popular entre muitas pessoas, inclusive as com falta de tempo para cozinhar.

 

Antigamente produzia-se assim:

 

A parte mais importante deste processo é misturar a massa, até que cada partícula de farinha tenha atingido todas as partículas de água.
Posteriormente, a massa é enrolada em folhas e fica a descansar durante 45 minutos. O envelhecimento da massa permite que o glúten se desenvolva, sendo esse processo que vai dar ao produto final a textura desejada (é uma massa meio elástica).
As folhas da massa são cortadas em tiras para serem novamente cortadas.

Hoje em dia, existem máquinas especificas para produzir esta massa que é tão prática e versátil de se fazer.

De todo que não é um produto muito fácil de se fazer em casa, mas podem sempre experimentar!  

Interessante é saber como são produzidos e como surgiram os alimentos que ingerimos.