Será que o Café é um bom vício?

É verdade que causa dependência, mas como tudo na vida, se não o consumir em excesso… Tudo Bem!!!

Se consumir muitos cafés, aqui vai uma dica: beber um copo de água antes e depois do café.
Quando consumido com leite, o café impede a absorção de cálcio pelos ossos. Sabia?

Mesmo assim, o café tem mais benefícios do que prejuízos para a sua saúde, ora veja:

– As pessoas que bebem quatro ou mais chávenas de café por dia têm um risco 50% menor de ter Diabetes tipo 2;

– O consumo de duas ou mais chávenas por dia pode ajudar a evitar a depressão entre o sexo feminino;

– Melhora o desempenho físico: a cafeína aumenta os ácidos gordos em circulação na corrente sanguínea, o que permite que a pessoa possa correr ou pedalar durante mais tempo.

– Faz bem ao coração, porque a cafeína aumenta a frequência cardíaca e o volume de sangue bombeado em cada contracção muscular;

– Impede o envelhecimento precoce, porque contém vitamina E (antioxidante) e niacina, que actua sobre a pele e sistema nervoso;

– O consumo de cada chávena de café por dia significa uma redução de 3% no risco de desenvolver vários tipos de cancro;

– Pode impedir o avanço da doença de Alzheimer. 

– Beber café também pode fazer auxiliar a fertilidade feminina. As mulheres que consumiam café antes de tentar engravidar, tiveram mais sucesso com o tratamento de inseminação artificial.

– Tem um efeito estimulante, que depende de vários factores.
Normalmente o corpo demora 4 a 6 horas a eliminar o composto. Sendo que para um fumador, a absorção do café demora cerca de 3 horas; para as grávidas 18 a 20 horas; para quem toma contraceptivos orais 13 horas; tem toma muitos cafés ao longo do dia, provoca a saturação do organismo e não consegue eliminar a cafeína.

Ainda importante a saber é o facto de o café provocar sempre o efeito contrário, ou seja, se estamos excitados ele acalma-nos; se estamos com dor de cabeça é dilatador; se estamos com um ataque de asma ele ajuda a relaxar.

Como leu o café não é assim tanto “veneno” como se diz. Claro está, terá é de ser consumido com conta, peso e medida.