Pipocas – A nossa receita e sua origem

Como será que surgiu a ideia de fazer do milho, pipocas?

1ª Teoria:
Tudo indica que ela surgiu na América há mais de mil anos. Os primeiros europeus que chegaram ao continente descreveram a pipoca, como um salgado à base de milho usado pelos índios. Os índios utilizavam-na como alimento e como enfeite de cabelo!

Foram encontradas por arqueólogos não só no Peru, como também no atual Estado de Utah, nos Estados Unidos, sementes de milho usadas para fazer pipoca que sugere que ela fazia parte da alimentação de vários povos americanos. Inicialmente os índios preparavam a pipoca com a espiga inteira sobre o fogo. Depois, passaram a colocar só os grãos sobre as brasas, até inventarem um método mais sofisticado, o de cozinhar o milho numa panela de barro com areia quente, o objectivo era fazer o grão de milho explodir.

Os colonos tinham o hábito de comer pipocas ao pequeno almoço, supondo-se que eram comidas da mesma maneira que um cereal mergulhado no leite.

2ª Teoria
Um sr. que tinha um celeiro, onde guardava os cereais. Uma bela noite, o celeiro incendiou e o milho transformou-se em pipocas. Foi aí que percebeu que o milho sendo aquecido dava pipocas. Não deixa de ser um história cómica, não sabendo nós se é real ou não.

 

By StockSnap

 

Lendas, histórias sobre a origem que não sabemos se serão verdadeiras o não. Mas o que é certo é que é um alimento bem conhecido por todo o Mundo e bem saboroso. Existe quem goste delas doces, salgadas, com mel… deixe a sua imaginação levá-la!

Nós gostamos mais delas docinhas e queremos partilhar consigo a nossa receita (muito simples e sai sempre bem).

Ingredientes:
– milho
– óleo
– açúcar

Preparação:
Cubra o fundo de um tacho com óleo. Coloque o milho de maneira a não cobrir o fundo por completo (deixar um pouco de espaço entre o milho), de seguida polvilhe com açúcar. Tape o tacho e vamos levá-lo a lume médio.
Quando o milho começar a saltar reduza o lume para o mínimo, pegue no tacho e abane (faça esta operação várias vezes até o milho deixar de saltar, para que as pipocas que já estão prontas não queimem).
É um processo rápido, não demorando mais de 2 minutos.

Com o frio que se avizinha para o fim de semana, que tal ficar no seu sofá a ver um bom filme com umas boas pipocas???

Faça a experiência e depois partilhe connosco!!!