Acelgas, descubra este sabor maravilhoso…

Hoje vimos apresentar-vos os nossos mais recentes companheiros de Praça, a Theresa e o Hugo!

Tal e qual como nós, trabalham por amor e com o intuito de partilhar com a comunidade o que de melhor sabem fazer.
Lançamos um desafio à Theresa e ao Hugo para falarem um pouco deles, como esta aventura começou e o porquê da agricultura biológica e de uma deliciosa hortícola, que nós experimentámos a semana passada e ficámos fãs!!!

Aceitaram muito prontamente e aqui está a história deles…

A acelga (Beta vulgaris L. var. vulgaris) é uma deliciosa hortícola de folhas, parente próximo da beterraba e muito fácil de cultivar. Em inglês é conhecido como chard ou swiss chard, em francês como bette e em alemão diz-se mangold. Pode ser semeado diretamente no solo, mas é mais fácil de semear em tabuleiros de germinação, num local protegido, e depois transplantar para o canteiro. A planta é muito generosa, permitindo o corte das suas folhas para consumo durante várias semanas. O próprio corte estimula o crescimento de mais saborosas folhas. Pode ser cultivada durante a maior parte do ano. Existem várias variedades e cores desta hortícola, desde o clássico caule branco com folhas verdes aos caules amarelos, laranjas vermelhos com folhas vermelhas, verde escuras e verdes claras. Traz imensa cor à horta e ao prato! É extremamente nutritiva, sendo uma fonte especialmente rica em fibras, vitamina A, vitamina K e ferro. Estudos recentes indicam também a presença de grandes concentrações de poli fenóis e antioxidantes principalmente nos coloridos caules.

Nós, na Horta do Pé Descalço, adoramos acelgas, especialmente como ingrediente principal de um nos nossos pratos favoritos de cozinhar – quiche de acelgas! Mas elas podem ser usadas cruas em saladas, cozidas e depois temperadas com um bom azeite, salteadas e é só dar largas à imaginação.

Agora falando um pouco sobre a equipa da Horta do Pé Descalço: a Theresa e o Hugo. Conhecemo-nos na Alemanha quando a Theresa estava a terminar o mestrado em Agricultura Biológica e o Hugo estava a fazer um voluntariado num projeto Transition Town. O interesse sobre o que comemos e o modo como é feita a produção dos alimentos foi sempre algo muito presente nas nossas conversas. Desde logo criámos juntos uma horta, no nosso jardim, e quando os primeiros vegetais deliciosos começaram a aparecer, percebemos que gostaríamos de poder partilhá-los com mais pessoas. Decidimos vir para Portugal onde ajudámos a iniciar um projeto de produção de sementes biológicas, mas a vontade de produzir alimentos foi maior. No início deste ano começámos a procurar terrenos abandonados na zona das Caldas, que é a terra natal do Hugo, e foi em maio que finalmente tivemos condições para começar a nossa aventura como agricultores biológicos e de proximidade. Queremos cuidar do nosso solo, trabalhando-o a uma escala humana, sem mobilizações de solo repetitivas, aumentando a sua matéria orgânica, para que ele nos dê plantas nutritivas e saborosas como as acelgas!

 

A Horta do Pé descalço tem página no facebook e está presente todos os sábados de manhã na Praça da Fruta de Caldas da Rainha.

 

Nós, experimentámos as Acelgas salteadas, deixamos aqui a receita:

  • azeite
  • sal
  • pimenta
  • acelgas (cortadas aos pedacinho)

Vai ao lume alto, deixe saltear até ficar tenro.
Servimos em pão de centeio torrado, barrado com um pouco de manteiga, de seguida colocámos as acelgas salteadas e acompanhamos com ovo mexido.
Ficou delicioso!!!

 

Passem na Praça, adquiram as acelgas e experimentem… Não se vão arrepender 🙂