FRANCESINHA, um prato cheio de Sabor e de História!

As francesinhas nasceram no Porto, “inventadas” na década de sessenta por um emigrante regressado de França.

Ele decidiu dar um toque especial a uma receita tipicamente francesa, chamada “croque-monsieur”. Esta especialidade típica é um snack muito apreciado nos restaurantes e cafés franceses.

Este iluminado homem teve a feliz ideia de improvisar e adaptar este prato aos nossos ingredientes e à nossa cultura, adicionando ao nosso paladar a magia de um molho que é a alma da receita.

Transformou um “simples” “croque-monsieur” em algo com mais alma, a transbordar de vida e de substância. Algo que qualquer português ou portuense nunca teria imaginado ser possível comer até à altura.

Depois do caldo verde, das tripas, da broa e do bacalhau à Gomes de Sá, eis então que nasce a única receita gastronómica original portuense do século XX. A Francesinha.

Este “estrondoso” prato é hoje em dia uma das mais apreciadas iguarias da cidade, e é a especialidade de vários restaurantes locais.

A francesinha é portanto um prato do povo, para o povo comer, e presentemente com imensas variantes de receitas, como é o caso das vegetarianas. Mas sempre com o mesmo espírito, de maneira a satisfazer todos os diferentes gostos das nossas gentes.

 

As boas Francesinhas comem-se no Porto.

Adoramos o Porto, onde vamos com alguma regularidade. Temos lá amigos de coração, gente genuína que nos acolhem de braços abertos.

Sempre que vamos fazemos questão de degustar uma bela francesinha. As melhores, as da D. Lina!!!

Mas, como gostamos de cozinhar e de experimentar coisas novas. Já experimentámos fazer Francesinha, e não é que ficou bem boa… 

 

 

 

A nossa receita:

Ingredientes
– 6 fatias de pão de forma
– 8 fatias de queijo
– 2 bifes fininhos de vaca
– 2 salsichas frescas
– 4 fatias de fiambre
– 2 linguiças pequenas
– sal e pimenta q.b
– 2 fatias finas de chouriço para enfeitar

Confecção
Corta as salsichas e as linguiças em 4 tiras no sentido do comprimento.
Tempera os bifes e as salsichas com sal e pimenta.
Grelha os bifes, as salsichas e as linguiças.
Torra ligeiramente as fatias de pão de forma. Em dois pratos, coloca uma fatia de pão, cobre com duas fatias de fiambre fininho, junta o bife e tapa com outra fatia de pão. Adiciona então a salsicha e a linguiça, cobre com uma fatia de queijo, e tapa com outra fatia de pão.
Cobre cada francesinha com 3 fatias de queijo, coloca uma fatia de chouriço fininha ao centro de cada uma e leva ao forno a 200º até o queijo derreter.

Retira do forno e rega com o molho.
Serve com batatas fritas.
Pode adicionar no final um ovo estrelado à francesinha, e podes servir as batatas fritas à parte.

 

Para o molho
– 2 cervejas médias de 0,33 cl
– 1 cebola pequena
– 5 colheres de sopa de polpa de tomate
– 0,5 dl de brandy
– 0,5 dl de Vinho do Porto
– 2 fatia de presunto
– 1 colher de sopa de margarina
– 1 colher de sopa de amido de milho (maisena)
– 1 cubo de caldo de carne
– 1 folha de louro
– sal q.b.
– piri piri a gosto

Num tacho coloca a margarina, a cebola cortada grosseiramente, a folha de louro e o presunto cortado aos pedaços e deixa alourar.
Adiciona a polpa de tomate e deixa abrir fervura. Adiciona a cerveja o caldo de carne, o piri piri e rectifica o sal. Adiciona o Vinho do Porto e o Brandy.
Retira a folha de louro, e rala o molho com a varinha mágica. Deixa ferver.
Junta o amido de milho desfeito em cerveja. Deixa engrossar o molho mexendo sempre.
Passa o molho por um passador de rede e leva ao lume novamente para aquecer na hora de cobrir as francesinhas.

 

Experimentem e partilhem connosco como ficou 🙂