O 1º Lugar vai para… CALDAS DA RAINHA

CALDAS CONQUISTA PRÉMIO DE MELHOR REVISTA MUNICIPAL

A Revista Municipal das Caldas da Rainha ganhou o prémio de MELHOR REVISTA MUNICIPAL no encontro nacional de Comunicação e Marketing da ATAM – Associação de Trabalhadores da Administração Local.

O encontro decorreu este fim-de-semana em Porto Moniz, na Madeira, e reuniu dezenas de dirigentes e técnicos de comunicação, marketing e marca de municípios de todo o País.
E foram esses mesmos profissionais que analisaram e avaliaram as várias publicações a concurso, tendo as Caldas da Rainha conquistado o 1º lugar.

 

Sem dúvida que é um orgulho enorme para TODOS OS CALDENSES a “nossa” Revista Municipal ter ganho este prémio.

Mais orgulhosa não podia estar a equipa técnica:
Célia Marques – Coordenadora do projecto
Ana Rita Ferreira – Designer
Carlos Barroso – Fotógrafo

 

O momento em que a Célia recebe o Prémio!!!

 

Tivemos o privilégio de reunirmos com estas 3 maravilhosas pessoas que fizeram tudo o que de melhor sabiam fazer para trazerem este prémio para a nossa Cidade de Caldas da Rainha.
Delicie-se com a história desta revista…

 

Gramas com Sabor – Quanto tempo tem este revista?
Célia Marques – Desde que estou na Câmara, à 17 anos, a revista já existia. Nessa altura, tenho ideia de a publicação da revista não ser regular não existindo os recursos para que tal acontecesse.
Desde que o Carlos e a Ana Rita integraram a equipa tudo ficou mais facilitado, foi possível fazer um upgrade à publicação.
Não é que anteriormente não houvesse vontade de o fazer, mas no contexto de recursos que existia não era possível ir mais além.
Outra coisa que acontece, é a liberdade e a confiança para delinear e criar o projecto.

GS – Esta revista é trimestral?
CM – Esta revista é anual e coincide com o mês de Maio, mês das festas da cidade.

GS – Qual é o principal objectivo desta revista, chegar aos munícipes e chamar mais pessoas às Caldas?
CM – Uma revista municipal não tem como objectivo chamar mais pessoas à Caldas. É um prestar contas daquilo que é a actividade autárquica aos seus munícipes, é um órgão de comunicação directa com os munícipes. É uma montra do que está a acontecer, do que aconteceu ou até do que se prevê fazer.
É um canal directo para a população Caldense.

GS – Esta revista ganhou o 1º prémio a nível nacional de Revistas Municipais?
CM – Foi considerada pela entidade que organiza o encontro nacional de comunicação e marketing onde participam dezenas de municípios portugueses, como a melhor revista do ano 2018.
Foi a 1ª vez que concorremos e ganhámos, penso que foi o timming perfeito.

GS – O que foi feito, ao nível gráfico, este ano de diferente para conseguirem o 1º prémio?
Ana Rita Ferreira – Já o ano passado houve uma melhoria, a revista está mais moderna, mais clean. Em termos de grafismo, os textos, a fotografia, a revista está mais apelativa. Penso que as pessoas pegam na revista e têm mais vontade para a ler.

GS – Ana Rita, é a única designer a trabalhar nesta revista?
AR – Sim, a única.

GS – Existe alguma selecção especifica das fotografias para esta revista?
Carlos Barroso –Tenho uma agenda semanal com os eventos autárquicos, o meu trabalho é captar esses momentos através de fotografia, essas imagens são passadas à Célia e ela faz uma escolha e edita as fotografias.
Quando não tenho agenda, tenho liberdade criativa. A minha função é captar o que existe de melhor nesta cidade e neste concelho. 
Na altura de fazer a escolha das fotografias eu já não escolho, porque a minha escolha já foram aquelas fotografias que deixei cá.
As fotos passam para a Célia escolher e posteriormente para a Ana Rita escolher.
Foi uma agradável surpresa a Célia ter proposto a revista a concurso, eu e a Ana Rita não tivemos conhecimento que a revista ia a concurso. 
Este prémio dá-nos muita responsabilidade.

CM – O Carlos é foto jornalista, tem muitas experiência em trabalhar para jornais, sabe qual é o registo informativo. Ele consegue misturar o registo informativo com um certo olho artístico. Acho que é muito interessante e que acrescenta muito valor, não só na publicação da revista como também ao trabalho diário nas redes sociais e a toda a informação que enviamos para os jornalistas.
A mestria da Designer entra aqui. Tornar agradável, nunca esquecendo que o designer não é uma manifestação artística. Os designer são técnicos de comunicação, têm noção que aquela forma têm uma função. A Rita consegue tornar um conteúdo que muitas vezes é caótico, num conteúdo bem organizado, em que a leitura é mais imediata, para além da parte estética ser bonita. 

No fundo o que estou a dizer é que o projecto começa em mim e qualquer um deles consegue levá-lo a outro nível.
Cada um deles consegue pegar na ideia e melhorá-la. A confiança entre nós faz com que o trabalho seja mais fluido.

Internamente, trazer este prémio faz com que enquanto equipa fiquemos mais confiantes. Confiamos que cada um de nós no seu papel faz o seu melhor e mete o outro a brilhar.

GS – É a primeira revista que fazem os 3?
CM –Já fizemos o ano passado. Este ano arriscámos mais, demos mais espaço à fotografia. A forma de estruturação do trabalho fez com que tivéssemos mais e conteúdos mais interessantes.

GS – O que esperam que a comunidade Caldense sinta/pense/fale em relação a esta revista?
CB – Um pouco de mais orgulho no seu concelho.

 

 

A Revista Municipal pode ser vista online, no issuu, bastando para tal clicar no link: 

 

É um orgulho ENORME fazer parte desta cidade que tanto tem para dar aos seus munícipes e aos seus visitantes.
Se todos trabalharmos em prol do mesmo, vamos conseguir coisas grandiosas!!!